Está começando sua carreira na psicologia? Confira 9 dicas

Os profissionais da área de psicologia chegam ao mercado de trabalho com diversas possibilidades. Alguns preferem atuar como psicólogos contratados ou terceirizados em clínicas maiores. Mas, alguns escolhem empreender e começar o seu próprio consultório.

Para os empreendedores, é preciso mais do que apenas os conhecimentos da área de psicologia. Afinal, é preciso conquistar os pacientes e crescer em um mercado onde o número de concorrentes é cada vez maior.

Por isso, para começar a carreira na psicologia, como um empreendedor da área, é preciso estar preparado para alguns desafios extras.

Quer saber como começar o seu consultório? Confira 9 dicas para se dar bem na psicologia clínica!

1. Qual a área da psicologia que você pretende atuar?

Ao oferecer os seus serviços como uma clínica de psicologia, você precisará alinhar quais são as áreas de atuação. Claro, você não precisa fazer apenas uma coisa, mas seguir uma linha de atendimento pode trazer mais confiança para os seus pacientes.

Por isso, determine quais as áreas que você trará maior impacto para os seus pacientes, como a educacional, esportiva, laboral, social, comportamental, entre outras.

2. Formalize a sua clínica de psicologia

Antes de começar os atendimentos, é preciso abrir uma empresa para formalizar o seu consultório. Para isso, conte com a ajuda de um contador especializado na área da saúde para fazer o melhor enquadramento de regime tributário e as documentações para abertura de empresa.

Não deixe de abrir uma conta PJ, assim você poderá ter maior controle financeiro do seu negócio e começar as suas atividades sem incorrer no erro de misturar as suas finanças pessoais com o dinheiro da sua empresa.

3. Comece a clinicar

Para iniciar as atividades da sua clínica de psicologia, você precisará de um espaço adequado para receber os seus pacientes. Não precisa ser grande, mas precisar ser aconchegante, que tenha uma pequena sala de espera ou então sublocar um consultório dentro de clínicas que tenham esse espaço.

Mas, é importante que você ofereça um lugar agradável e tranquilo não só para que os pacientes esperem pelo atendimento, quanto durante a sessão. Ofereça água fresca e a possibilidade de entretenimento.

4. Invista em estratégias de marketing

Para empreender, é preciso fazer com que a sua marca comece a ser percebida pelos pacientes. Então, use as redes sociais para construir o seu nome, ou seja, a sua marca e imagem no mercado.

Então, se especialize e fale sobre assuntos que são da sua área e estão em alta para começar a criar autoridade. Quanto mais destaque você alcança, maior a sua visibilidade e os pacientes se interessam pelos seus serviços.

Isso porque, é importante que você faça a diferença na vida das pessoas para que elas entendam a necessidade de passar por uma sessão com você e que você é o profissional ideal para ajudá-las a resolver os seus problemas.

Porém, você deve seguir as regras do conselho de ética impostas pelo Conselho Regional de Psicologia. Afinal, você deve ter um comportamento profissional na hora de falar de atendimento psicológico nas redes sociais.

5. Dedicação e comprometimento

Não basta somente investir em marketing digital e conseguir uma grande clientela para o seu consultório. Você precisa se mostrar diferenciado, utilizar técnicas e linhas de tratamentos que estejam em alta, que sejam as mais atuais do mercado.

Por isso, esteja sempre se especializando, buscando novos conhecimentos, fazendo networking e expandindo a prática.

Então, não deixe de participar de cursos, simpósios e eventos conceituados, que mostre as novidades e tendencias do mercado.

Com isso você terá mais bagagem para utilizar com os seus pacientes, garantindo um atendimento especializado e ainda para alavancar as suas estratégias de marketing.

6. Cuide da sua imagem!

Evite desgastar a sua imagem nas redes sociais. Trace uma estratégia que esteja alinha com o seu propósito, não se colocando em embates ou discussões que possam desgastar a sua marca.

Afinal, para um profissional de psicologia, o nome é a sua principal ferramenta de trabalho. Se paute pela ética e se fortaleça como um profissional sério, especializado e competente.

7. Cobre o justo pelo seu trabalho

Esse é um grande problema para quem está iniciando no empreendedorismo na área da psicologia. Por isso, para formar o seu preço, você precisa levar em consideração algumas variáveis.

Por exemplo, você precisa custear as especializações, estudos e o tempo que você gasta para se tornar o profissional que é. Além disso, é preciso incidir os impostos pagos pela empresa e os valores que você precisa para manter o seu consultório aberto.

Mas, é claro, é preciso encontrar um equilíbrio sobre o custo da sua empresa e um valor que seja acessível para todos. Afinal, os pacientes nem sempre querem de fato o melhor preço. O que eles querem é o melhor atendimento.

8. Atendimento de psicologia pela internet?

Em meio a pandemia, a tele consulta com psicólogos se tornou uma forma de manter as sessões, mesmo durante o período de isolamento social. Para os profissionais que estão começando, essa pode ser uma oportunidade para iniciar os atendimentos do seu consultório, mesmo que ele ainda não esteja pronto fisicamente.

Mas, tenha cuidado para seguir as orientações do Conselho Federal de Psicologia para a prática de consultas online.

Com isso, você estará aberto a atender pacientes em qualquer parte do país e, até mesmo, do mundo inteiro.

9. Evite as fórmulas de sucesso na psicologia!

Não existe uma regra padrão para chegar ao sucesso da sua clínica psicológica. O que se deve fazer é uma análise do mercado no qual está se inserindo e pautar o seu trabalho em brechas ou naquilo que o seu paciente está buscando.

Assim, mantenha a qualidade do seu atendimento e da infraestrutura que oferece aos seus pacientes, sendo organizado e cordial com todos. Continue com as boas práticas da sua estratégia de marketing e torne a sua terapia o motivador para que novos pacientes cheguem até você.

Por isso, estar preparado para a concorrência do mercado e investir no melhor tratamento para o paciente é a chave para alcançar o sucesso com a sua clínica de psicologia. Mas claro, não esquecendo de manter a sua empresa organizada e regularizada para que você possa realizar as suas atividades.

Que tal, vai começar a sua carreira na psicologia? Então aproveite a visita em nosso blog e descubra como abrir o seu consultório.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima