Como abrir empresa na cidade de São Paulo capital

São Paulo é uma daquelas cidades que dividem opiniões. Se por um lado há quem não a troque por qualquer outra do país, por outro há uma infinidade de pessoas que preferem ficar longe da vida corrida da maior metrópole da América do Sul.  

Independentemente de qual destes lados você esteja, é preciso admitir: poucos lugares oferecem tanta estrutura e oportunidade para quem deseja investir no próprio negócio quanto a capital paulista. Aliás, abrir empresa na cidade de São Paulo ficou ainda mais fácil desde o último ano, quando foi oficialmente lançado o sistema do Balcão Único.  

Assim, se você é um profissional da saúde e pretende empreender na região, é hora de descobrir como fazer isso da maneira certa. Ou seja, evitando burocracias desnecessárias e usufruindo das comodidades que só a famosa “Terra da Garoa” pode oferecer. Vamos lá? 

Por que investir na cidade de São Paulo?

A princípio, quando o assunto é abrir empresa na cidade de São Paulo, mais do que a opinião de quem mora e trabalha na região, é necessário levar em conta algo indiscutível: os números.  

Segundo o índice Cidades Empreendedoras (ICE) de 2022, pesquisa elaborada através de uma parceria entre o Enap (Escola Nacional de Administração Pública) e a Endeavour, a capital do estado de São Paulo é considerada, pelo segundo ano consecutivo, a melhor cidade brasileira para empreender. 

O levantamento utilizou sete pontos diferentes para chegar neste resultado, sendo eles: 

  • Infraestrutura; 
  • Mercado; 
  • Acesso; 
  • Inovação; 
  • Capital humano; 
  • Cultura empreendedora. 

Neste caso, São Paulo levou a melhor nos quesitos infraestrutura, acesso e inovação, sendo muito bem pontuada nos demais. Ou seja, uma cidade completa, pensada para quem deseja crescer, não importa a área. 

Conheça o Balcão Único

O Brasil ainda possui uma cultura voltada para a burocratização de serviços, sobretudo quando o assunto são negócios. No entanto (e felizmente), esta realidade vêm mudando nos últimos anos, tornando a vida dos empreendedores muito mais fácil.  

E é exatamente com esse objetivo que foi criado, em janeiro de 2021, o Balcão Único, um sistema online idealizado pelo Governo de São Paulo que permite abrir uma empresa em poucos minutos (não, você não leu errado). 

Mas, como é possível reduzir filas enormes e horas de espera em poucos cliques? Simples: o Balcão Único agrupa, em um mesmo formulário, diversos processos e documentos que antes eram gerados (ou realizados) separadamente. São eles: 

  • Viabilidade: consulta quanto a possibilidade de exercer a atividade da empresa no local escolhido; 
  • DBE: ou, Documento Básico de Entrada, usado para a prática de qualquer ação relacionada ao CNPJ; 
  • Registro: passo seguinte ao registro do DBE, onde é necessário efetuar cadastro em órgãos como a Junta Comercial ou cartórios, por exemplo; 
  • Inscrição Municipal: liberação do Cadastro de Contribuintes Mobiliários; 
  • Licenciamento: onde são emitidos o Certificado de Licenciamento Integrado e o Auto de Licença de Funcionamento. 

Além disso, o pagamento das taxas referentes ao processo também pode ser resolvido pela plataforma, bem como o cadastramento de funcionários no e-social, tornando o processo ainda mais eficiente.  

Passo a passo para abrir empresa na cidade de São Paulo

Primeiramente, o usuário deverá acessar o serviço através do site do VRE/REDESIM e realizar o login, clicando no canto superior direito, onde consta “Login via gov.br”. Através desta integração, o processo ficará mais rápido e seguro. 

Vale lembrar que a REDESIM (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios), criada em 2007, tem como objetivo simplificar a abertura das empresas, deixando tudo menos burocrático e mais convidativo para os empreendedores.  

O prazo oferecido pelo site é de quatro dias úteis para a abertura de negócios, mas este tempo costuma ser menor, principalmente quando há pouco fluxo no sistema e quando a documentação se encontra completa. 

Na sequência, basta realizar as seguintes ações:

Preenchimento dos dados 

Após logar no site e selecionar a opção de abertura de empresa através do Balcão Único, o usuário verá na tela um painel de Abertura de Matriz, que já contém os dados do responsável previamente preenchidos. 

Neste mesmo painel você precisará: 

  • Fornecer os dados da sua empresa; 
  • Cadastrar seu contador (indicamos fortemente que não pule esta etapa, pois a ajuda de um profissional é fundamental); 
  • Preencher os campos da aba Cadastrar Integrante. 

Então, basta clicar em “Prosseguir”. Lembre-se que todas as etapas mostrarão na tela uma mensagem de confirmação, logo após o fornecimento dos dados, certo? 

Geração de contrato e análise  

Agora que você já avançou na tela, basta aguardar a geração do contrato e a análise realizada pelo município. Você pode consultar essas informações clicando em “Detalhes do Protocolo”, onde verá o número da solicitação, informações de atividade econômica e auxiliares, bem como a opção de “Aceitar” e “Alterar”. 

Download da documentação 

Em seguida, com o contrato gerado, é hora de fazer download dos documentos. Para isso, clique em “Visualizar” ou em “Download”. Na sequência você terá acesso ao requerimento totalmente preenchido. 

Assinatura

Para realizar a assinatura dos documentos é preciso usar uma assinatura digital, ou seja, um e-CPF. Caso você ainda não possua um, fale com um contador experiente agora mesmo e descubra como consegui-lo. Acredite, isso facilitará muito a sua vida e a manutenção da sua empresa. 

Logo após, clique em “Assinar todos e enviar” e confirme a mensagem que aparecer na tela.  

Questionário de licenciamento 

Com o contrato gerado, você terá acesso a um painel com as seguintes informações: 

  • Ação – Responder questionário; 
  • Risco; 
  • Status; 
  • Finalizar Processo. 

Aqui, há duas possibilidades: em caso de protocolo de “Baixo Risco” ou “Isento”, o sistema gerará o CLI, ou “Certificado de Licenciamento Integrado”. Caso contrário, você verá a mensagem “O Licenciamento desta empresa deverá ser finalizado posteriormente pelo Integrador Estadual, devido seu Alto Risco”. 

Isso acontece porque há a necessidade de liberação por conta de quatro órgãos: CETES, Bombeiros, Agricultura e Vigilância Sanitária. 

Assinatura do licenciamento 

Após responder o questionário em questão, é preciso assinar o licenciamento para dar continuidade ao processo.  

Finalização

Com tudo pronto, é só clicar no botão “Finalizar Processo” e aguardar o direcionamento para a tela de comprovação da abertura da empresa.  

Parabéns! Você é o mais novo empreendedor de São Paulo. 

Sem tempo para começar o seu próprio negócio? Conte com quem entende do assunto!

Abrir uma empresa na cidade de São Paulo tornou-se um processo desburocratizado há algum tempo. No entanto, nós sabemos que a vida agitada dos profissionais de saúde nem sempre permite uma pausa, até mesmo para os negócios.  

Então, que tal deixar isso nas mãos de quem entende do assunto? É só entrar em contato com a Escritax agora mesmo! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima