O que é ENARE?

Você que é médico, sabe dizer o que é ENARE e para que ele serve? Chamado de Exame Nacional de Residência, ou Exame Nacional de Residência Ebserh, esse processo seletivo relativamente novo pode abrir portas importantes aos profissionais que visam realizar residência em instituições de todo o país.  

Para se ter ideia de sua grandiosidade, apenas no último ano, mais de 40 mil pessoas se inscreveram para a realização da prova, que ofertava cerca de 3,2 mil vagas de residência médica em 81 diferentes instituições.  

Se esse é um assunto que lhe interessa, mas do qual você ainda possui poucas informações, fique conosco por mais alguns minutos e confira algumas curiosidades e dicas sobre o ENARE. Vamos lá?

O que é uma residência médica?

Em síntese, não podemos falar sobre um programa voltado para a formação de residentes médicos sem entender o que isso significa, não é mesmo? No geral, um residente pode ser visto como um médico em formação, para além do curso de graduação.  

Deste modo, esses residentes formam-se na faculdade, obtêm seus diplomas e então passam a trabalhar em hospitais. Mais precisamente, na área em que desejam atuar. Alguém que quer ser pediatra, por exemplo, fará sua residência em uma clínica pediátrica e por aí vai.  

Resumidamente, fazer uma residência significa que você participará de um programa de educação de pós-graduação que pode durar entre dois e quatro anos. Como resultado, você saíra com uma especialização garantida.

Entretanto, vale lembrar que essa etapa não é obrigatória para atuar no setor. Logo, quem não se especializa em algo, ainda pode prestar seus serviços como clínico geral. Dito isso, é hora de descobrirmos efetivamente o que é ENARE.  

Entenda o que é e como o ENARE surgiu

Em primeiro lugar, podemos afirmar que o ENARE é a versão médica do SISU (Sistema de Seleção Unificada). Esse último, funciona como uma triagem, utilizando a nota do ENEM, para selecionar candidatos para vagas em cursos superiores.  

O Exame Nacional de Residência Médica Ebserh, por sua vez, foca em selecionar candidatos à residência para vagas em hospitais de todo o país. Assim, as instituições garantem a qualidade de seus profissionais e do serviço prestado, além de oferecerem a oportunidade de uma especialização em diversas áreas. 

Ficou fácil entender o que é ENARE, não é mesmo? Elaborado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), juntamente com o MEC, o ENARE surgiu em 2019 e, logo no ano seguinte, já contou com mais de 4 mil inscritos, disputando 302 vagas em 10 diferentes hospitais. 

Assim, o sucesso foi tanto que, em 2021, o exame recebeu inscrições de 150 instituições, tanto públicas quanto privadas, com a oferta de um total de 930 vagas nas mais diferentes especialidades.  

Embora muitas instituições ainda possuam seus próprios modelos de seleção de residentes médicos, o objetivo do MEC, da Ebserh e do Ministério da Saúde (que também faz parte desta parceria) é unificar os exames em todo o território nacional, tornando tudo mais simples.  

Profissionais de quais áreas podem se inscrever no ENARE? 

Antes de mais nada, é preciso entender que o ENARE é voltado para dois grupos de profissionais: os já formados e os que cursam o último semestre da graduação. No entanto, apesar do nome, o exame também atende áreas relacionadas à saúde, como: 

  • Nutrição; 
  • Odontologia; 
  • Fisioterapia; 
  • Psicologia; 
  • Biomedicina; 
  • Enfermagem; 
  • Medicina veterinária; 
  • Serviço social; 
  • Fonoaudiologia. 

Qualquer profissional da lista acima pode se inscrever para prestar o ENARE, optando entre dois tipos de residência: 

Uniprofissional: ligada a apenas uma profissão da área da saúde. Ou seja, enfermagem, psicologia, fonoaudiologia, entre outras; 

Multiprofissional: quando a residência não segue apenas uma linha, mas une três diferentes especialidades. 

Lembrando que, independentemente da formação, é preciso estar em situação regular no seu Conselho Profissional de Classe. Certo? 

Como se inscrever no ENARE?

Para participar do processo seletivo do ENARE basta acessar o site do exame assim que as inscrições estiverem abertas. Geralmente, isso ocorre no final do ano. Com a inscrição feita, você pode realizar a prova em qualquer capital do país. 

O Exame Nacional de Residência Médica Ebserh possui duas etapas: 

Primeira etapa: o candidato realiza a prova com questões de múltipla escolha, cada uma contendo cinco alternativas. O tempo de prova é de quatro horas; 

Segunda etapa: é feita uma avaliação do ponto de vista profissional e acadêmico, usando como base seu currículo, que deve ser cadastrado na página de Envio de Documentos para Análise. 

A primeira etapa soma um total de 90% da nota final enquanto a segunda equivale a 10%.  

Com a nota em mãos, o candidato pode, então, escolher a instituição e residência de sua preferência. Desta maneira, quanto maior a nota, maior também a prioridade de escolha do profissional.

3 dicas para se sair bem na prova do ENARE

Você já compreende bem o que é ENARE e decidiu tentar uma vaga nesse programa? Então, é hora de conferir algumas dicas simples, mas que podem fazer a diferença na sua classificação. Acompanhe! 

  1. Leia as provas anteriores 

Nem todos as questões da prova do ENARE são de extrema dificuldade. Na verdade, há uma divisão entre os níveis de conhecimento, o que permite que os candidatos mais preparados se sobressaiam. Por outro lado, os demais ainda tem chances altas.

Uma maneira eficiente de treinar para a seleção é conferir as provas anteriores, observando padrões e focando em pontos que parecem se repetir.

  1. Não se afobe! 

Para não perder tempo na hora da prova, leia todas as questões, faça uma marcação nas que você sabe a resposta (ou lhe parecem mais simples) e comece por elas.  

Em seguida, vá para as de média dificuldade e, por último, para as mais difíceis. Assim, você não corre o risco de se atrasar pensando demais e ainda pode utilizar algumas respostas como base para aquilo que você não possui tanta certeza. 

O segredo se organizar! 

  1. Use a lógica 

Muitas questões visam trabalhar seu senso de lógica. Aliás, algumas delas podem até mesmo sugerir uma resposta com base no enunciado.  

Se você estiver em dúvida, leia todas as opções, encontre as palavras-chave da pergunta e das alternativas, e por último, vá por eliminação.  

Suas chances de acerto subirão drasticamente. Acredite! 

Com essas informações e dicas em mãos, é só focar nos estudos e aguardar uma boa notícia profissional! 

Se você gostou deste artigo, venha conhecer hoje mesmo o blog da Escritax! Aproveite também e entre em contato com os nossos profissionais.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima